Resenha – A mediadora: O arcano nove

“(…) Revirei os olhos. Amor. É uma coisa que pode transformar a gente numa tremenda otária.”

No segundo volume da saga “A mediadora” Suzannah Simon já não é a mesma Suze de “A terra das sombras”, popular e com amigos por todos os lados ela não poderia estar mais feliz. Claro, se ela não fosse uma mediadora. E como os fantasmas parecem nunca querer deixá-la em paz, mais um problema surge diante dos olhos de Suze.

Como só ela é capaz de fazer, acaba transformando tudo em um problemão e pode acabar descobrindo mais coisas além do que ela poderia ter imaginado e acaba se metendo em grandes confusões… E como nada parece ajudar Suze no lado “sentimental das coisas”, a família de Tad Beaumont (seu quase namorado) parece estar relacionada com tais problemas.

Como nem tudo são flores, Suze está nutrindo mais sentimentos do que ela queria por Jesse (mesmo não gostando de admitir isso para si mesma), o fantasma que vive em seu quarto, mas que parece não corresponder tais sentimentos…

.

“Ele aparece quando eu menos espero e desaparece quando menos quero.”

.

Me surpreendi positivamente de várias formas que ainda estou sem palavras para descrever esse livro! Em O arcano nove vemos mais cenas de ação e novas histórias que se interligam e que nos fazem devorar cada página pensando “o que vai acontecer na próxima página?” fiquei com o coração na mão enquanto lia porque, wow, pense em um livro que nos faz virar uma montanha-russa de emoções!

A Meg deu mais um empurrãozinho no OTP Jesse + Suze e mal posso esperar para começar a ler o terceiro livro e ver o que esses dois vão aprontar (já estou preparando meu coração de leitora sofredora HAHAH).

A Suzannah continua com seu sarcasmo e ironia na ponta da língua, como sempre, características que contribuem para construção da personalidade da personagem, e nesse livro se mostram mais afiadas do que nunca em uma Suze mais impulsiva e levemente inconsequente…

Enfim, só amores por esse livro! Continuarei com a leitura da saga e espero me surpreender mais e mais com as aventuras da Suze. <3

Classificação – (⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️ | 5 de 5)

Editora: Galera Record

Autora: Meg Cabot

Páginas: 269

Confira a resenha do primeiro livro da saga “A mediadora” – http://centralsagas.com.br/resenha-a-mediadora-a-terra-das-sombras/

Sinopse oficial: Suzannah está adorando sua vida na ensolarada Califórnia. Uma festa atrás da outra, amigos e até um potencial namorado – nada menos que Tad Beaumont, o garoto mais bonito e rico da cidade. Mas, como toda adolescente, Suzannah enfrenta muitos problemas. Um em especial é só seu: os fantasmas não a deixam em paz. E ela tem até uma queda por um deles. Suzannah é uma mediadora, uma pessoa capaz de se comunicar com os mortos, resolver as pendências deles na terra e ajudá-los a descansar no além. É o caso de Jesse, a assombração de plantão na casa onde Suzannah mora com a familia. Jesse é um fantasma jovem, bondoso e, acima de tudo, um gato. Mas é inatingível. Não apenas por estar morto. Aparentemente, ele não sente qualquer atração por Suzannah – ao contrário de Tad, que a convida para o seu primeiro programa a dois. O fato de Tad não ser Jesse é compensado por ele ser de carne e osso. E Suzannah se entusiasma com as possibilidades que o convite do rapaz representará para sua vida amorosa. Até que o mundo dos mortos se manifesta e complica tudo outra vez. O fantasma de uma mulher assassinada não larga do pé de Suzannah, que não tem como ignorá-la. Pior ainda, tudo indica que a morte dela tem uma relação com mistério no passado de Tad. Para Suzannah, o que era uma chance de amor pode significar risco de vida.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *